quinta-feira, 17 de maio de 2018

Era uma vez um rapaz... / Once upon a time there was a boy who...



Once upon a time there was a boy.
He lived in a village that no longer exists,
in a house that no longer exists,
on the edge of a field that no longer exists,
where everything was discovered
 and everything was possible.
A stick could be a sword.
A pebble could be a diamond.
A tree could be a castle.  

terça-feira, 15 de maio de 2018

Um “Leilão de jardim” de Cecília Meireles


Jessie Willcox Smith (1863 – 1935)



Leilão de jardim

Quem me compra um jardim com flores?
Borboletas de muitas cores,
lavadeiras e passarinhos,
ovos verdes e azuis nos ninhos?

Quem me compra este caracol?
Quem me compra um raio de sol?
Um lagarto entre o muro e a hera,
uma estátua da Primavera?

Quem me compra este formigueiro?
E este sapo, que é jardineiro?
E a cigarra e a sua canção?
E o grilinho dentro do chão?


Cecília Meireles

quarta-feira, 2 de maio de 2018

A zebra de Sidónio Muralha


Alexander Demidov


"A zebra quis
ir passear
mas a infeliz
foi para a cama...
 
— teve que se deitar
porque estava de pijama."

 


Sidónio Muralha

terça-feira, 24 de abril de 2018

"Ou Isto ou Aquilo": um poema de Cecília Meireles, uma pequena leitora e o seu amigo rinoceronte




Ou Isto ou Aquilo

Ou se tem chuva e não se tem sol
ou se tem sol e não se tem chuva!

Ou se calça a luva e não se põe o anel,
ou se põe o anel e não se calça a luva!

Quem sobe nos ares não fica no chão,
quem fica no chão não sobe nos ares.

É uma grande pena que não se possa
estar ao mesmo tempo em dois lugares!

Ou guardo o dinheiro e não compro o doce,
ou compro o doce e gasto o dinheiro.

Ou isto ou aquilo: ou isto ou aquilo...
e vivo escolhendo o dia inteiro!

Não sei se brinco, não sei se estudo,
se saio correndo ou fico tranqüilo.

Mas não consegui entender ainda
qual é melhor: se é isto ou aquilo.


Cecília Meireles
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...